sábado, 30 de março de 2019

REVISTA AGROTEC - Revista Técnico-Científica Agrícola


AGROTEC 
número 30 (1.º trimestre 2019)



DOSSIER: AS NOVAS TENDÊNCIAS DA FRUTICULTURA

PÁG. 16
TENDÊNCIAS ATUAIS DA FRUTICULTURA PORTUGUESA
AMÍLCAR DUARTE

PÁG. 18
O FUTURO DO ABACATEIRO NA PENÍNSULA IBÉRICA
IÑAKI HORMAZA

PÁG. 20
A ROMÃ: NOVAS FORMAS DE CONSUMO E COMERCIALIZAÇÃO
ALCINDA NEVES

PÁG. 26
INFLUÊNCIA DO NÚMERO DE HORAS DE FRIO NA ÉPOCA DE FLORAÇÃO NA COLHEITA E PRODUÇÃO DA PEREIRA ROCHA
RUI MAIA DE SOUSA
JOANA AFONSO

PÁG. 32
PITAIA: PERSPECTIVAS E DIFICULDADES DE UMA “NOVA” CULTURA
ANA TRINDADE/ ADÉLIA REIS/ LUÍS SABBO/ DIAMANTINO TRINDADE/ PAULO PAIVA/ AMÍCAR DUARTE

PÁG. 36
TRIOZA ERYTREAE: CICLO DE VIDA E ESTRAGOS EM ÁRVORES DE CITRINOS
NUNO M. CARVALHO
ANA A. AGUIAR


quinta-feira, 21 de março de 2019

SEMINÁRIO NOVAS DOENÇAS E PRAGAS – AGRO 2019 | BRAGA



Seminário sobre: “Novas doenças e pragas – indesejáveis viajantes da globalização”

Programa
14h30 – Sessão de Abertura
Carla Alves – Diretora Regional de Agricultura (a confirmar)
Leonel Silva – Delegação Distrital de Braga da Ordem dos Engenheiros – Região Norte (OERN)
15h00 – Palestras
Xylella fastidiosa – Maria Manuel Mesquita – DRAPN
Pseudomonas syringae pv. Actinídea (Psa) – Luísa Moura – ESA-IPVC
Trioza erytreae – Ana Aguiar/Nuno Carvalho – FC-UP
Vespa velutina nigrithorax – Tiago Moreira – APICAVE
16h30 – Encerramento
Ana Paula Carvalho – Sub-Directora da DGAV
Divanildo Monteiro – OERN – Colégio de Engenharia Agronómica


domingo, 17 de março de 2019

O ANANAZ




O ANANAZ; MINISTÉRIO DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA - JUNTA NACIONAL DAS FRUTAS; 1939; PORTUGAL


segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

«PORTUGAL É UM DOS PAÍSES DO MUNDO COM MENOR PERCENTAGEM DE FLORESTAS PÚBLICAS»


Fonte: ICNF 12 Out. 2018

É preciso alterar esta lamentável situação!

Considerando que uma enorme fatia da área dos parques naturais/zonas de paisagem protegida, em Portugal, é privada, nestas zonas, sempre que surgem terrenos à venda o Estado português deveria tentar comprar esses terrenos.  

terça-feira, 7 de agosto de 2018

SERRA DE MONCHIQUE

FONTE: ESPÉCIES ARBÓREAS INDÍGENAS EM PORTUGAL CONTINENTAL 
- GUIA DE UTILIZAÇÃO
INSTITUTO DA CONSERVAÇÃO DA NATUREZA 
E DAS FLORESTAS, I. P.
2016


Miguel Sousa Tavares, Canal de televisão SIC, 6/Ago./2018:
«Ironicamente, hoje em dia, podem ir hoje à Serra de Monchique, à vontade, que não encontrarão nem um rouxinol, nem um passarinho, nem uma linha de água, nem o som da água a correr, não encontrarão uma borboleta, nada, porquê? Porque 73% do concelho está ocupado por eucaliptos. (..)»


Isto só se resolve quando grande parte da floresta passar para a posse do Estado. A Serra de Monchique deveria ser maioritariamente um Parque Florestal e não uma gigantesca monocultura de eucalipto. Aparentemente, Portugal é o país da Europa com menor percentagem de florestas públicas. É necessário também dotar o ICNF de meios humanos e, claro, bem pagos.
 

segunda-feira, 7 de maio de 2018

sexta-feira, 2 de março de 2018

ENGENHEIRO SILVICULTOR ALBINO DE CARVALHO


"Honra e glória à Árvore, sublime exemplo de inteira dedicação, de dávida plena e infinda generosidade"

Albino de Carvalho

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

ESPÉCIES ARBÓREAS INDÍGENAS EM PORTUGAL CONTINENTAL






ESPÉCIES ARBÓREAS INDÍGENAS EM PORTUGAL CONTINENTAL 
- GUIA DE UTILIZAÇÃO
INSTITUTO DA CONSERVAÇÃO DA NATUREZA 
E DAS FLORESTAS, I. P.
2016


quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

PINHAL DO REI - CATEDRAL VERDE À BEIRA MAR








PINHAL DO REI - CATEDRAL VERDE À BEIRA MAR
Suplemento (à parte) de 32 páginas, do semanário 
Região de Leiria, 9 de abril de 2015
Tiragem: 25.000 exemplares